Quanto custa montar uma loja virtual?


A criação de negócios virtuais é cada vez mais comum. Se antes montar uma loja virtual e tornar-se seu próprio chefe demandava muito investimento, hoje ficou muito mais fácil e mais barato, e praticamente qualquer empreendedor pode abrir a própria empresa e realizar o sonho de ter algo somente seu e ter sucesso online.

Porém, muitas dúvidas ainda permeiam este mundo novo de vendas e negócios: quanto eu precisarei realmente investir? Será que eu posso arcar com este valor? Tudo depende de quanto você está disposto a gastar e quanto de investimento, nos seus cálculos, será necessário para fazer o negócio funcionar.

Abaixo, colocamos uma lista dos principais gastos para que você pese os prós e contras e a possibilidade real de ter o seu próprio negócio virtual.

Quais são os principais custos na hora de montar uma loja virtual?

Está é uma das maiores dúvidas que cerceiam as pessoas que tem a ambição de abrir uma loja virtual. Quanto eu realmente vou precisar investir – sem contar os imprevistos, claro – para ter uma loja virtual funcional e de sucesso? Pois é, essa não é a pergunta mais fácil de ser respondida, ainda mais com a variedade de programas e outras utilidades que existem por aí, com suas variedades de preços. Porém, aqui vai uma lista resumida dos gastos que você com certeza terá ao abrir a sua loja virtual.

Ficaram de fora aqui as tributações normais para criação de uma empresa e a parte de aquisição dos produtos.

O domínio do seu site – Este é um investimento necessário, uma vez que você precisa de um domínio e hospedagem próprios para que o site tenha peso. É onde você terá algo como www.minhaloja.com.br - Preço: 40 reais por ano (registro.br)

Plataforma – se for iniciante, pense em alguma plataforma que possa lhe dar experiência de vendas. Plataformas alugadas são boas para quem está começando. O preço varia: entre 99 e 299 reais ao mês; Se tiver passado pela parte da experiência, poderá contratar uma plataforma própria ou de terceiros. Seus preços podem partir da casa dos R$ 10.000,00, mais implementações e licenças.

Correios – O preço médio de um envio de produto via PAC é de 14 reais.
Porém, nem sempre você terá que arcar com este custo, uma vez que na maioria dos casos, o frete é por conta do consumidor.

Meios de Pagamento – dependendo do meio para receber pagamentos seguros, terá que arcar com o custo em torno de 5% em cima do valor total recebido, algumas operadoras cobras taxas sobre as transações, como exemplo do Pagseguro (R$ 0,40).

Marca – É importante ter um logo próprio que passe a imagem de profissionalismo e originalidade. Para isso, você precisará contratar um designer gráfico para fazê-lo. O preço deste logo vai variar muito. É possível comprar um logo por valores que variam entre duzentos a mil reais. Porém, se você quer todo um layout de loja próprio, você poderá gastar acima de R$ 1.000,00.

Divulgação da loja no Google AdWords – o custo da campanha varia muito dependendo do tipo da campanha que você deseja realizar, então este valor não é possível estipular um número exato. Cabe lembrar aqui também do investimento em anúncios no Facebook, Instagram e outras redes que incluir em suas estratégias.

Além destes gastos mais facilmente estipuláveis, você também terá que investir no material inicial para a criar/revender os produtos que farão parte da sua loja.

O custo das embalagens nas quais eles serão enviados também é por sua conta.

Com esta pequena lista de possíveis gastos ao iniciar um investimento de uma loja virtual, você consegue se planejar e ter um panorama aproximado de quanto precisará de capital inicial para que sua loja saia finalmente do papel e vire uma realidade rentável, organizada e que gere lucros.

Lembre-se, é importante você se planejar. Procure auxílio no Senac ou Sebrae para ajudá-lo em outras questões para abertura de empresa.

Se quiser trocar algumas ideias, nos chame no Whatsapp 47 99133-4606.

Nenhum comentário:

Postar um comentário